domingo, 26 de outubro de 2008

Ele não digitou o voto. E dai?

Como se um voto fosse fazer diferença para Kassab, jornais se apressaram em denunciar: Não foi o presidente Lula que votou, foi o neto. Isso não pode? isso pode?. Os jornalistas foram ouvir o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) informou neste domingo, 26, que não há ilegalidade no fato de um eleitor entrar acompanhado na cabine de votação. Pela manhã, o presidente Lula votou junto com o neto Thiago, que digitou os números na urna eletrônica no lugar do avô.

Imprensa devidamente informada, resolveu comunicar, " Realmente não tem problema, o prefeito Gilberto Kassab (DEM), votou acompanhado de uma sobrinha, que registrou o número do tio na urna eletrônica.

0 comentários:

Postar um comentário

Ver e Rever Copyright © 2011 | Template created by Ver e Rever | Powered by Blogger