sexta-feira, 11 de setembro de 2009

'Brasil será 5º no mundo'


O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse em entrevista ao site da BBC Brasil que a crise representou uma oportunidade para o país mostrar ao mundo suas “virtudes”. E previu que, na próxima década, o Brasil será “a quinta ou a sexta economia do mundo” e com potencial de crescer de 5% a 6% nos próximos anos.

— Encurtamos o período de crise e já estamos preparados para, a partir de 2010, começar um novo ciclo de expansão, com taxas de 5%, 6% nos próximos cinco, seis, sete anos — disse o ministro. — Nos próximos 20, 30 anos, o Brasil certamente será uma das economias com maior PIB do mundo. Será uma das cinco ou seis (maiores economias).

Mantega afirmou que a crise não foi tão intensa no Brasil porque o sistema financeiro “é um dos mais sólidos do mundo” e o crescimento do país está baseado no mercado interno.

— As nossas exportações representam apenas 13% do PIB. As da China representam 40% do PIB, assim como na Alemanha — disse ele, acrescentando que acredita na recuperação da economia global. — Eu não acredito que haja uma recaída. Há sinais em todas as partes do mundo de que já está havendo uma recuperação, lenta difícil e gradual. Poderá demorar dois ou três anos, mas a economia mundial já está rodando no positivo.

A solidez do sistema financeiro brasileiro foi elogiada em reportagem do “Financial Times”. Segundo o jornal britânico, graças à boa política econômica e a um pouco de sorte, o país será um dos primeiros a sair da recessão. A reportagem diz que, apesar de as descobertas do petróleo na camada pré-sal dominarem as manchetes, “é o setor financeiro que vai agir como arauto de uma ampla recuperação corporativa do Brasil”.

0 comentários:

Postar um comentário

Ver e Rever Copyright © 2011 | Template created by Ver e Rever | Powered by Blogger