sexta-feira, 15 de maio de 2009

Yeda monta defesa


Com a experiência de quem atuou nas últimas campanhas presidenciais do PSDB, o advogado Eduardo Alckmin desembarca no fim da manhã de hoje em Porto Alegre para ajustar a forma com que a governadora Yeda Crusius irá reagir às denúncias de caixa 2 na eleição de 2006. O caminho esboçado por Alckmin é simples: ajuizar pedidos de indenização por dano moral e queixas por crime contra a honra. O advogado, porém, é cauteloso quanto à eficácia de processos contra a revista Veja e contra a deputada federal Luciana Genro (PSol). Em entrevista ao jornal Zero Hora, ele apontou como impedimentos a extinção da Lei de Imprensa e a imunidade parlamentar da deputada.

0 comentários:

Postar um comentário

Ver e Rever Copyright © 2011 | Template created by Ver e Rever | Powered by Blogger