terça-feira, 21 de abril de 2009

Farra das passagens paga com nosso dinheiro leva até delegado


Protógenes diz que não pergunta quem paga

Lauro Jardim escreveu, e eu assino em baixo..Num texto que ora fala na primeira pessoa, ora fala de si próprio na terceira pessoa, Protógenes Queiróz postou hoje em seu blog uma tentativa de defesa por ter usado uma passagem aérea da cota da deputada Luciana Genro (PSOL/RS) para fazer uma palestra em Porto Alegre.

Protógenes bate em sua tecla preferida para defender-se. Diz que "continuam as informações de conteúdo duvidosos (sic)" "(...)com o propósito exclusivo de, em defesa do banqueiro condenado Daniel Dantas, em criar situações que diminuam a força e energia deste cidadão".

Acusa a "grande imprensa" de fabricar escândalos, que "lembram um período de horror nazista liderada por Joseph Goebbels", ministro da Propaganda de Hitler.

Para livrar-se de qualquer cobrança, Protógenes avisa que não questiona aos que o convidam para palestras "gratuitas", frisa ele, de que bolso sairá o dinheiro dos bilhetes aéreos. "Desconheço por quem ou de que forma essas despesas são pagas."

Well, se o delegado não sabe quem paga suas passagens, hospedagens e a comida que ele come, quando sai de casa para dar suas paletras em ataque a Lula, podemos pensar que; o delegado não quer saber se, quem paga é Daniel Dantas, o traficante, o bicheiro, o sequestrador...
Esse delegado tá me saindo mais barato que a encomenda

0 comentários:

Postar um comentário

Ver e Rever Copyright © 2011 | Template created by Ver e Rever | Powered by Blogger